por Oscar D'Ambrosio


 

 



Sonia Canheo

Harmonia em tintas

 

Há pintores que transmitem inquietação e outros que levam o observador das telas a ver o universo como um todo harmônico, em que a natureza e os homens não disputam o espaço, mas se integram num equilíbrio que proporciona uma visão otimista das possibilidades da alma num mundo cada vez mais desumano.

As telas de Sonia Canheo são um exemplo de como cores vibrantes e alegres podem transmitir as mais diversas emoções, voltadas geralmente para locais paradisíacos ou imagens futuristas, plenas de alegria, nas quais objetos do mundo tecnológico, como foguetes, interagem, sem conflitos, por mais estranho que isso possa parecer, com rurais e ingênuas casinhas coloridas.

Nascida em 30 de maio de 1953, em Monte Aprazível, SP, cidade onde reside até hoje, Sonia Maria Balero Canheo sonhava ser aeromoça. Filha de pai marceneiro e mãe costureira, ela gostava, desde criança, de música, artes, teatro e desenho. Auxiliar de papiloscopista policial, Sonia, que hoje realiza identidades on line, sempre adorou bordar e costurar, mas a pintura só se tornou uma presença constante com a decisão de enfeitar a própria casa.

Sonia começou fazendo algumas cópias de quadros, mas não gostou. Pintou um tela, em 1996, com morros, umas casas e um casamento caipira perto de um riacho, e a levou, meio envergonhada, para um salão na cidade de Olímpia, SP. Para sua própria surpresa, o trabalho foi premiado, dando início a sua carreira nas artes plásticas.

Um bom exemplo do talento de Sonia é Carnaval das cobras, tela que revela intenso cromatismo, aliado ao dinamismo dos répteis se movendo. Em lugar de pessoas, cobras assumem o centro da festa, dançando e tocando instrumentos num jogo de profusão de cores.

O fundo colorido e fragmentado em laranja, amarelo, rosa e azul dialoga com as diversas cores das serpentes que se entrelaçam. A tela oferece uma visão criativa da principal festa popular brasileira e participou do Mapa Cultural Paulista, evento da Secretaria Estadual de Cultura, de 1998, passando pelas fases municipal, regional e estadual e sendo selecionado para inclusão no catálogo.

A artista também realiza obras mais próximas ao naïf, com cenas idílicas do Interior, nas quais a simplicidade e a pureza dos traços é valorizada. Ao conhecer os artistas Daniel Firmino e Orlando Fuzinelli, em São José do Rio Preto, cidade vizinha a Monte Aprazível, Sonia se apresentou como artista plástica e foi convidada a participar da abertura da edição 1998 da Bienal Naïfs do Brasil, organizada pela SESC de Piracicaba, SP.

Na edição seguinte, Sonia apresentou dois quadros: A arca 2000 e O pic-nic. No primeiro, a imagem do célebre meio de transporte bíblico surge transformada numa espécie de nave espacial. Os animais são caracterizados com muitas cores, com destaque para o pavão, bem embaixo da arca, e de duas figuras humanas vestidas com roupas pictoricamente bastante trabalhadas.

O pic-nic apresenta um universo rural encantador. À esquerda da tela, há uma mesa de piquenique, com alguns elementos, como frutas e talheres, em escala desproporcional em relação ao conjunto da paisagem, traço característico da arte naïf. O mesmo efeito ocorre na relação entre os peixes e os barcos do rio, que cruza o quadro na diagonal, e ainda na comparação entre o tamanho das galinhas e dos bois.

Sonia Canheo atinge a harmonia em tintas principalmente graças às cores que utiliza. Cada imagem é um convite ao conhecimento de um mundo em que é possível viver sem agredir aos outros. As suas cenas de campo, por exemplo, são paisagens que convidam ao relaxamento e à introspecção. Mostram que, no carnaval da vida, com talento no manejo das tintas, o equilíbrio, pelo menos no mundo das artes, pode ser alcançado.

Oscar D’Ambrosio é jornalista, integrante da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) e autor de Os pincéis de Deus: vida e obra do pintor naïf Waldomiro de Deus (Editora Unesp).

   

 

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

"Carnaval das Cobras"

O.S.T - 40X50 - 1998

Sonia Canheo

 

 

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Galeria de Fotos

 

Oscar D’Ambrosio