por Oscar D'Ambrosio


 

 


Sandra Pardo

 

            Entre o fugidio e o eterno

 

            Em 1863, o poeta francês Baudelaire escrevia que a modernidade se situava justamente na fronteira entre o fugidio e o eterno. A pintura estaria nas nuances possíveis entre aquilo que é transitório e o que pode se tornar imutável. Nesse sentido, a arte contemporânea convive, em diversos aspectos, com a mesma polaridade.

            A pintura de Sandra Pardo, ao retratar, por exemplo, flores, vale-se de cores e texturas para ingressar na dificuldade conceitual de dar continuidade ao efêmero. Se a natureza carrega em si mesma o atributo da morte, a arte pode ser uma forma de congelar o que se vê, rumo a uma atemporalidade.

            Maior será o mérito do trabalha artístico na medida em que ele deixe de lado a discussão estéril do diálogo entre a realidade  visível e a imaginada em nome da busca de parâmetros técnicos para transformar cada quadro numa obra de arte cada vez mais primorosa em si mesma, enquanto trabalho estético bem realizado.

            Numa sociedade globalizada, marcada, como bem aponta o teórico David Harvey, pela fragmentação, efemeridade e mudança caótica, a arte, para ser de qualidade, desafia o criador a ter sua habilidade individual constantemente em xeque para atingir o melhor desfecho plástico possível.

            Sandra Pardo, a seu modo, exerce seu poder de destruição criativa, ou seja, desconstrói flores e elementos do mundo visível para lhes dar uma nova aparência. Vale-se, para isso, de seu talento e capacidade de tratar cada novo trabalho como um desafio constante de tornar o fugidio vivencial em eternidade plástica.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista, mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, integra a Associação Internacional de Críticos de Artes (AICA-Seção Brasil).

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 


 Sem título 

2005

Sandra Pardo

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio