por Oscar D'Ambrosio


 

 
 

 

Rogério Cyrillo

 

            O poder do olhar

 

            O olho é um dos maiores mistérios do ser humano. Se carrega em si expressões e estados da alma, também é uma forma de se relacionar plasticamente com o mundo. Aquilo que vemos faz parte do que somos e, de certo modo, pelo olhar determinamos o que esperamos do futuro.

            Rogério Cyrillo utiliza as formas circulares presentes nos olhos para construir esculturas em vidro nas quais a dinâmica do ver e do ser visto se dá a cada instante. Seja na geometria das peças ou nos grafismos nelas presentes, o segredo e a magia estão no próprio ato de refletir sobre a importância do olhar.

            Para ele, a arte funciona como uma janela a ser preenchida. É proporcionalmente melhor quanto mais leituras e reflexões propicia. Nesse aspecto, sugerir é melhor que revelar e seus círculos em vidro atingem esse diferencial, marcado por um processo em que a poética está na forma como cada obra interage com o observador.

            O vidro, com seu tempo próprio de queima, transparências e acasos decorrentes de seu processo, é um material ideal para quem gosta, como Cyrillo, de surpresas estéticas. Há sempre uma margem de desconhecimento e, nela, pela criação de bolhas e cores não esperadas, o artista é obrigado a manter a sua humildade.

            Cyrillo tem no vidro a possibilidade de oferecer sempre novidades. Sua escolha do suporte está vinculado ao poder do material de gerar e multiplicar uma fascinação plástica. O trabalho nele realizado encanta, porque estimula o olhar do observador a refletir sobre a maneira de cada um ver o mundo.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, integra a Associação Internacional de Críticos de Artes (AICA – Seção Brasil)

 

 

 

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 





Olhar 2 
alumínio fundido/vidro fundido 65 x 54 x 37 cm sem data

Rogério Cyrillo 

 

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio