por Oscar D'Ambrosio


 

 


Luis Bayón

 

            Respostas criativas

 

            Entre os numerosos caminhos da arte, está o de tratar assuntos da maneira mais surpreendente possível. Oferecer respostas criativas para variadas propostas é um desafio constante. Luis Bayón obtém sucesso nessa empreitada ao apresentar uma interação entre suas peças escultóricas e as bases que as sustentam.    

            Seu casal, numa estrutura visual que remete às formas de espermatozóides, em sua corrida desesperada pela fecundação do óvulo, traz muito mais do que uma idéia de sedução. Há uma leveza e um movimento que constituem um reforço ao princípio de verticalidade que caracteriza o trabalho.  

            O aço pintado em azul evidencia as formas, que funcionam como um casal de totens ondulados, com um ritmo peculiar. Na parte superior de cada um deles, uma esfera , a título de cabeça ou olho, ao refletir o seu entorno, gera uma sensação de conquista do espaço e de possibilidades de direcionamento do olhar.

            Bayón introduz, com criatividade, o lúdico no erótico. O jogo formal e abstrato se faz presente com certo humor, numa dinâmica marcada pela maneira de lidar com as situações geradas pela interação entre composição e cor. É nas variações a partir desses elementos que o escultor busca gerar impacto no observador. 

           

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pela Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Artes (AICA-Seção Brasil).

 

 

 



 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio