por Oscar D'Ambrosio


 

 


 

Pompéia

 

            As duas rodas conquistam o urbano

 

            Quando se pensa na paisagem urbana, as cenas são dominadas por altos edifícios espelhados, automóveis, ônibus e muitas pessoas caminhando aparentemente sem rumo em meio ao caos imagético e sonoro. A pintora Pompéia oferece uma outra visão do mundo citadino.

            Nascida em Gão Mogol, Estado de Minas Gerais, e radicada em Brasília há duas décadas, traz em suas telas uma outra possibilidade para o dia-a-dia das metrópoles. São as bicicletas que dominam o espaço. O mais interessante, porém, não está apenas no assunto, mas na forma como essas cenas são retratadas.

            Os conjuntos de ciclistas são mostrados com uma técnica contemporânea. Existe uma diluição da imagem, mas a referência concreta ainda é mantida. O uso do cinza e do ocre colabora para instaurar uma atmosfera cinematográfica, como se cada tela sugerisse uma realidade paralela.

            A cidade estabelecida por Pompéia é a de um grupo de pessoas sobre duas rodas conquistando as ruas e avenidas dominadas pelos veículos de quatro rodas. O efeito visual dos trabalhos gera surpresa no observador, dominado pelo impacto daquilo que vê e pela forma como a técnica é utilizada.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 Maratona Ciclística II
90x90cm AST

Pompéia

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio