por Oscar D'Ambrosio


 

 


Pérola Ventura

 

            Busca de inovação

 

            A arte , em suas mais distintas manifestações , é sempre uma maneira de se comunicar com o outro . Isso se torna ainda mais evidente na forma amplamente reveladora como a artista plástica Pérola Ventura constrói os seus trabalhos , que passaram por vários momentos .

            Numa fase inicial , nos anos 1960, ela se dedicou a pintar retratos de personagens judaicos . São quadros de grande força , em que começaram também a ser exploradas outras técnicas e texturas , no sentido de usar diversos materiais para verificar a sua potencialidade de compor imagens e personagens .

            Posteriormente , após um período de dedicação à família , Pérola , paulistana de ascendência polonesa, nascida em 1946, direcionou a sua pesquisa para obras em tinta acrílica marcadas pela abstração ou pelo erguer de cidades imaginárias caracterizadas pela intensa presença da cor .

            A pintura de pequenos painéis em vários tamanhos, em conjuntos de quatro que podem ser dispostos de formas distintas, de acordo com o gosto do observador, dá uma excelente idéia de como a artista valoriza o ludismo como um elemento essencial para a construção de sua obra .

            As caixas laminadas com espelho ondulado , com as molduras pintadas com uma cor ou diferentes , geram numerosos efeitos ópticos , também é uma demonstração de uma visão da arte como um catálogo de possibilidades a ser sucessivamente desvendado.

            Desde seus desenhos quando criança a sua produção mais atual , Pérola Ventura encontra na arte uma forma de comunicação por meio do talento e da visualidade. Se as figuras dos anos 1960 apresentam sobriedade religiosa e densa humanidade , os mais recentes glorificam o vicejar da vida pelo uso da cor .

            Ambas as facetas se complementam numa criação plástica que se distingue pela procura de um falar com imagens que não perde o bom humor e que não se acomoda perante os recursos . A inovação na forma de apresentação é uma constante , seja no retrato estilizado, na cor e na utilização múltipla de elementos ou na abstração .                

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

  

 

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 

 Composições 
acrílica sobre tela diversos tamanhos

 Pérola Ventura

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio