por Oscar D'Ambrosio


 

 


 

Paula Ordonhes: o poder do desenho

 

            É curioso como a arte tem um poder de comunicação que ultrapassa aquilo que se . Uma árvore , por exemplo , não espelha apenas o que se enxerga sobre o solo , mas evoca o que está por baixo da terra e as possíveis alterações que a natureza pode realizar naquilo que se está a olhar .

            O desenho tem esse poder aumentado pela versatilidade de técnicas, olhares e dimensões. No caso da artista plástica Paula Ordonhes, essa questão ganha o status de quem tem um trabalho pronto no sentido de uma interpretação da realidade. Isso significa que precisa ser visto numa outra amplitude.

            Duas possibilidades de conhecimento visual precisam ser pensadas com atenção. A maneira de lidar com o desenho de mechas de cabelo traduz inclusive o gesto comum dela de ficar mexendo com as pontas deles quase de maneira obsessiva. Mas o tique ganha uma dimensão plena quando levado para o papel ou para uma placa de acrílico ou outro material qualquer.

            Isso significa que o que se vê não é mais cabelo, mas trabalho – e altamente expressivo. Surgem ondas nas placas que se sobrepõem, no estabelecimento de uma atmosfera de sensualidade e ritmo, num caminhar por si mesma que aponta para os detalhes cotidianos de cada um de nós.

            Outra vertente são os esqueletos. Mais recentes, estão plenos de humor e atenção ao detalhe. Trazem em si toda uma pesquisa de composição e, acima de tudo, despertam para o tema da vida e da morte. Tem, todavia, como principal atrativo a forma cuidadosa de feitura e o esmerado acabamento.

            Seja no cuidado da construção das ondulações do cabelo ou no atuar com o desenho para erguer sua delicada poética, que vem ganhando humor com o passar do tempo, Paula Ordonhes estabelece uma realidade visual própria. Cada obra instaura no observador o pensamento sobre o poder do desenho de representar e alterar o mundo.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 

  Camisa
desenho 2008

Paula Ordonhes

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio