por Oscar D'Ambrosio


 

 


Massenzi

Coerência da qualidade

Versatilidade e talento são duas palavras que caminham lado a lado quando se pensa na obra plástica de Pierino Massenzi. Italiano radicado em São Bernardo do Campo, ele apresenta um conjunto de trabalhos caracterizado pela capacidade de dominar diversas técnicas, como tinta a óleo, bico de pena e afresco, com resultados marcados por dois elementos: a crítica social e o amor à natureza brasileira.
Nascido em Roma, em 1925, Pierino Massenzi emigrou para o Brasil em 1947. Exerceu diversas atividades, como diretor de artes, cenógrafo, decorador, artista plástico, projetista e professor da área de cenografia do Instituto Superior de Cinema da Universidade de São Luiz, em São Paulo, SP.
Licenciado no Real Museu Artístico e Industrial de Roma e na Academia de Belas Artes da Itália, foi premiado em exposição realizada na sua cidade natal durante a Segunda Guerra, além de ter obras em coleções particulares em diversos países e junto às prefeituras de Diadema e São Bernardo do Campo.
Suas paisagens tem uma concepção cenográfica, oriunda de sua prática profissional, que incluiu trabalhos, como cenógrafo e diretor de arte, em diversos filmes, como O cangaceiro, Tico-tico no fubá e Ângela, premiados nacional e internacionalmente. Esse domínio do espaço é bem marcante em suas composições plásticas aéreas. Em que o todo se revela mais importante do que a soma das partes.
Destaca-se a sua participação na construção, pela Companhia Cinematográfica Vera Cruz, da primeira cidade cenográfica da América do Sul, em São Bernardo do Campo, para Tico-tico no fubá. A experiência ganha nesse tipo de atividade, que rendeu numerosos prêmios, contribui decisivamente para a visão que o artista tem de conjuntos de pessoas.
É na forma como trabalha multidões e as distribui no espaço que a obra plástica de Massenzi se diferencia. Ao tomar assuntos como marreteiros, meninos de rua, mutirão, conjunto habitacional ou bóias-frias, insere seus personagens num espaço que dialoga decisivamente com o observador.
As figuras retratadas compõem um coletivo harmônico no qual a retirada de algum elemento pode comprometer definitivamente o conjunto. A habilidade de lidar com blocos de pessoas constitui a essência de parte do trabalho do artista.
Outro elemento fundamental é a maneira como Massenzi lida com a natureza ou com alguns universos espaciais. Ao representar plasticamente uma vegetação ou uma favela, por exemplo, vale-se do bico de pena, mas introduz, em um local cuidadosamente selecionado pelo seu senso estético, um elemento colorido. O recurso dá ao seu trabalho uma nova dimensão, em que o tema fica em segundo plano perante o domínio da técnica demonstrado.
Seja nos assuntos em que a crítica social é mais forte, onde dá direito de imagem aos excluídos, quando enfoca a natureza, com rigor técnico, ou nas abstrações, em que se vale de diversas estruturas, mais ou menos geométricas de acordo com a obra, para expressar estados de alma e realizar pesquisas plásticas de forma e cor, Pierino Massenzi revela extremo apuro e dedicação.
Cada peça produzida é um ato de devoção ao próprio ato de criar, seja com um repertório visual mais próximo ao folclore e à realidade brasileira, principalmente a social, ou dentro de uma linha plástica em que as estruturas e formas são o foco principal. Os dois caminhos se unem pela seriedade e competência do artista.
O mais importante no trabalho de Massenzi é a coerência da qualidade, atitude em que a prática do exercício constante de uma vida na arte - tanto na cenografia como com tintas e outras técnicas plásticas - em que o que se diz e o que se faz caminham lado a lado, unidos pelos laços do domínio das diversas formas de produzir e da qualidade inerente daquilo que é apresentado.

Oscar D´Ambrosio, mestre em Artes Visuais pela UNESP, integra a Associação Internacional de Críticos de Artes (Aica - Seção Brasil).


 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 


 Meninos de rua 
óleo sobre papel 44x62 cm 1995

Massenzi

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio