por Oscar D'Ambrosio


 

 


Margaret Moreira Zanetti

 

A espiritualidade das cores

O escritor francês Saint-Exupéry (1900-1944), mais conhecido pela autoria de O pequeno príncipe, em sua obra Cadernos, diz que “o que conduz o mundo é o espírito e não a inteligência”. A reflexão vale para a arte da pintora Margaret Moreira Zanetti. Não se trata, porém, de ignorar a habilidade técnica da pintora, mas sim de constatar que o melhor de sua realização ocorre justamente quando a espiritualidade vem à tona.

Nascida em Belo Horizonte, em 10 de janeiro de 1955, Margaret atribui parte de sua tendência artística ao incentivo dos pais desde a infância. Posteriormente, cursou a Escola Guignard, ligada à Faculdade de Belas Artes, em Belo Horizonte, especializando-se em Pintura e Desenho.

Nesse período, a artista aprimorou o próprio estilo e começou a participar de salões e exposições individuais, tendo recebido, em 1983, o importante Prêmio Pintura Jovem, do Museu de Artes de São Paulo (Masp). Sua obra, entre 1575 inscritas de todo o País, foi considerada uma das cem melhores, dando um grande estímulo a Margaret, que, há mais de duas décadas, expõe na Feira de Arte e Artesanato que ocorre em Belo Horizonte.

A técnica da artista mineira consiste em óleo diluído, às vezes mesclado com bico de pena. O resultado, com qualquer um desses recursos pictóricos, é bastante expressivo. Um exemplo é a tela Mãe natureza em que surgem imagens de rostos dentro de traços que aparentemente, numa olhada apressada, são apenas flores em meio à vegetação.

A pintura de Margaret cresce, no entanto, quando o místico se une ao cotidiano, em imagens de grande intensidade simbólica. É o que ocorre na tela A face de Jesus. Nesse trabalho, a dimensão espiritual é bastante forte, pois, entre diversas gradações de verde e vermelho, no meio da tela, surge, com sutileza, a imagem do rosto de Jesus sobreposta a um véu amarelo e laranja.

Dessa forma, o clima místico da cena é acentuado. A languidez das formas e as diversas tonalidades criam composições que parecem escorrer pela tela, criando caminhos alternativos para os olhos do observador. Em conseqüência, as diversas possibilidades de aproximação à tela enriquecem o diálogo dela com o receptor atento.

As cores, embora próximas uma das outras, mantém-se separadas, graças a fronteiras visuais estabelecidas pela pintora. O olho do espectador realiza então uma jornada plena de dinamismo para acompanhar o fluxo das cores, que preenchem os espaços com distinta intensidade, criando atmosferas desérticas, mas com grande impacto visual pelas pinceladas largas. Estas, muitas vezes, realizam o movimento de ondas e geram vertigens visuais que atraem os olhos para um mergulho nas telas de Margaret.

Um especial jogo de luzes e reflexos é atingida na intensa composição Santa Ceia, em que Jesus e os apóstolos ocupam a parte central da tela. A partir deles, emanam raios de luz que se espalham em gradações de laranja, amarelo, verde e vermelho. O princípio das pedras lapidadas refletirem luz ganha na tela uma dimensão mística e divina. Os presentes à Santa Ceia expandem sua luz por todos os cantos do espaço, construindo figuras geométricas de grande impacto visual.

Em São João, 3,8, lê-se que “O espírito sopra onde quer”. As telas de Margaret Moreira Zanetti exalam justamente misticismo e as suas cores exaltam espiritualidade. Nos trabalhos da artista mineira, a sensibilidade para o que está além dos olhos está sempre presente, seja pela presença da mãe natureza, pelo misticismo ou pela técnica apurada. Seus resultados visuais fascinam por revelarem a jornada de uma alma que coloca o conhecimento técnico pictórico a serviço de um espírito impregnado em religiosidade

Oscar D’Ambrosio é jornalista, crítico de arte e autor de Os pincéis de Deus: vida e obra do pintor naïf Waldomiro de Deus (Editora UNESP).   

   

 

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

"Santa Ceia"

O-S-T - 50X70 - 2001 

Margaret Moreira Zanetti

 

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Galeria de Fotos

 

Oscar D’Ambrosio