por Oscar D'Ambrosio


 

 


Margarita Farré

 

            A força da mulher

 

            A força das esculturas de Margarita Farré está na forma como ela articula seus blocos de bronze ou alumínio. As mulheres que aparecem representadas têm uma energia vital concentrada pelo uso econômico das reentrâncias e exploração dos conjuntos em movimentos expressivos.

Há nas formas compactas da artista catalã, radicada no Brasil desde 1957,  uma visão muito especial da feminilidade das próprias relações do ser humano com o espaço. Suas personagens femininas apresentam uma sensualidade contida, mas poderosa, numa espécie de poder balzaquiano de sedução.

Cada escultura, seja a mais figurativa ou a abstrata, onde a pesquisa com materiais se intensifica, oferece uma interpretação do mundo dominada pelo vigor plástico. Não há delicadeza instigante ou perguntas em aberto. Existe sim uma escultura afirmativa, com algo a dizer em cada manifestação plástica.

Esse mesmo estilo marcado, só que em outra linguagem, a bidimensional, pode ser encontrado, nas pinturas abstratas coloridas da artista e em alguns desenhos em preto e branco. Embora mude a técnica, o raciocínio permanece o mesmo. São trabalhos plenos de expressão, naquilo que a palavra tem de mais verdadeiro.

            Há uma visão de mundo caracterizada por uma elaboração coesa, na qual o principal elemento é a força que brota do interior da artista para oferecer um conceito artístico marcado pela energia de um saber intuitivo manifesto no exercício da prática e do aperfeiçoamento constantes.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 
 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 

 A chegada
bronze patinado 2,05 x 1,40 m x 1,40 m sem data

Margarita Farré

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio