por Oscar D'Ambrosio


 

 


Lourdes de Deus: o sentimento estético

 

            Quem observa os quadros de Lourdes de Deus pode ter, à primeira vista, uma falsa impressão. Ao contemplar cenas de comícios, festas populares, como a que envolve os Bois Caprichoso e Garantido, em Parintins, AM, ou folias de reis, imagina uma artista mais voltada para os temas do que para a o fazer artístico.

            Nada mais falso. Lourdes de Deus consegue, seja na imagem de uma bailarina ou na de trabalhadores rurais transmitir um forte sentimento estético graças ao trabalho, aprimorado ao longo dos anos, com formas bem definidas e cores vívidas. O seu senso de composição, cada vez mais presente, permite cada vez maior liberdade no processo de criação.

Cidadã crítica e artista plástica consciente, sua arte atinge uma progressiva transformação da realidade em matéria pictórica. A alegria do interior do País, a natureza e a busca pela melhoria da sociedade levam a refletir sobre a complexidade do mundo moderno e a valorizar as coisas mais simples e belas da vida, aquelas nos fazem recuperar o prazer de viver.

 

Oscar D’Ambrosio, mestre em Artes pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (Unesp), é crítico de arte e integra a Associação Internacional de Críticos de Artes (Aica - Seção Brasil).

 
 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem  

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio