por Oscar D'Ambrosio


 

 


 

Giuliano Ottaviani

 

            A força da expressão

 

            Entre a pintura, a escultura, seja de pequenas dimensões ou monumentais, e o design de jóias, o artista plástico italiano Giuliano Ottaviani percorre uma jornada voltada para os mais diversos projetos que o levaram a construir um currículo com numerosas participações internacionais, inclusive no Brasil.

            Entre as suas formas de expressão, as pinturas em técnica mista surgem com considerável força pela maneira encontrada de realizar as mais variadas composições, principalmente pelo uso, na construção de alguns trabalhos, de letras e números que dão excelente resultado e inserem o lúdico em sua pesquisa visual.

            Quanto maior a liberdade que o artista alcança, como na obra Conserto, de 2006, maior é o efeito que atinge no observador. Nessa obra, embora não se valha das mencionadas letras e números, utiliza os materiais com extrema liberdade, atingindo uma sobreposição de imagens que transmite o efeito que a música gera no ouvinte.

            Os trabalhos sobre Veneza possibilitam novas leituras de um local que constitui um dos ícones da arte mundial. Ao vê-la, Giuliano Ottaviani oferta uma desconstrução. O uso da cor estimula a completar os vazios em busca da magia de uma cidade misteriosa em sua essência.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 

 Concerto
técnica mista sobe tela 150 x 180 cm 2006

Giuliano Ottaviani 

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio