por Oscar D'Ambrosio


 

 


Gino Battiston

 

            A arte de ver

 

Janelas são aberturas para o mistério. Elas delimitam espaços a serem desvendados pelo olhar, criando novas dimensões. O trabalho plástico de Gino Battiston, ao refletir sobre o assunto, tem justamente o poder de convidar cada observador a percorrer o próprio imaginário.

A partir daquilo que via por diversas janelas de sua trajetória pessoal e profissional, utiliza camadas de tinta para expressar interrogações sobre o existir. Cada janela, sempre vista de dentro para fora, traz uma dose de mistério renovada em cada quadro.

No jogo de velar/revelar a realidade que cada janela propicia, o artista consegue concretizar na tela a difícil tarefa de dar materialidade não só às janelas, mas aquilo que está além delas, numa outra dimensão, aquela permeada pela memória. Cada imagem sai de um guardado interior e abre possibilidades de ver o mundo.

As janelas abertas oferecem mais que meras paisagens de mar, lembranças de infância, bucólicas imagens rurais ou pratos de frutas sobre mesas. Elas conseguem funcionar plasticamente como reinterpretações, não só de visões vivenciadas, mas também como evocadoras de emoções e lembranças não no criador, mas também no observador de cada pintura.

Cada quadro traz recordações, que podem parecer muitas vezes vagas, mas recorrentes em intensidade, trazem memórias pessoais. Fragmentos de realidade, trens, árvores e florais dão ao trabalho de Battiston uma atmosfera de mergulho no passado em busca de energia artística para vivenciar o presente.

Nesse sentido, a cor amarela ganha um papel simbólico como portadora de luminosidade. Ela propicia focos de luz aos quadros e convida os olhos exatamente a mergulharem em uma jornada de experiências de vida. Assim, cada tela convida a uma visita lenta e depurada por sentimentos escondidos em nós cada vez que observamos, a partir das pinturas de Gino Battiston, não mais ingenuamente, uma janela, seja na chamada vida real, numa fotografia ou numa pintura.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista, mestre em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP, integra a Associação Internacional de Críticos de Artes (Aica – Seção Brasil).

 

 

.

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 

 Primeira janela
acrílico sobre tela 70 x 100 cm 2007 Foto: Kato

Gino Battiston

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio