por Oscar D'Ambrosio


 

 


Sigalith

 

            Flores com mistério e arte

 

            Dizem que todo artista tem um mistério . No caso de Sigalith, sua pintura oferece uma plêiade de interpretações a partir das visões de mundo que seus quadros propiciam. Ao se ver as suas flores , ingenuamente pode-se pensar que esse é o seu tema . Ledo engano . Há ali o desenvolvimento de um assunto em várias dimensões .

            Por um lado , está a pesquisa relacionada aos Florais de Bach e os seus elos com os doze signos do zodíaco . Por outro – o que é muito mais importante –, há um trabalho de pintura diferenciado, baseado numa longa pesquisa e intenso aprendizado no uso de diversas técnicas e cores .

            A grande magia de Sigalith, também astróloga e estudiosa da cabala judaica , reside na maneira de construir os seus fundos . São eles que encantam pelo uso criterioso de numerosas aguadas . O processo , em busca da expressão ideal , constitui a base de onde nasce a imagem a ser pintada .

            Reparar apenas na flor é uma pena sob o ponto de vista estético . É no fazer e pensar de sucessivas camadas de tinta que as idéias se aprimoram. Numa arte que independe da figuração, sua expressão visual contundente , denunciada por manchas e transparências, é fruto de desafios plenos de mistério e arte .

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

           

 

 

 



 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio