por Oscar D'Ambrosio


 

 

 

Fernando Alves

 

            A originalidade da minúcia

 

            Pernambucano de Recife, nascido em 1964, o pintor Fernando Alves encontra duas forças motrizes para a sua criação plástica. De um lado, estão as obras de inspiração religiosa; de outro uma visão do cotidiano marcada pelo registro da cultura popular e pelo bom humor.

            A obra que melhor consegue conciliar essas duas vertentes é A ceia, uma atualização, em termos de roupas e de composição, da Santa Ceia. O trabalho mostra bem o potencial do artista para, a partir de um dado assunto, oferecer imagens criativas e demonstrar um progressivo apuro técnico.

            Quando se debruça sobre cenas de casamento, casas que vendem doces ou o simples hábito de tirar uma fotografia, o pintor obtém um esmerado resultado pelo uso de um detalhamento lírico, em que seleciona alguns elementos e os desenvolve com muito cuidado, seja um piso ou outro componente decorativo qualquer.

            Ao se deter nos temas religiosos, atinge maior expressividade com pontilhismos e arabescos mesclados a figuras consagradas da liturgia católica ou do candomblé. O talento está na fuga a qualquer lugar comum em nome de uma expressão visual própria e diferenciada, geralmente obtida na maneira original de enfocar as minúcias.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

 

 

 

 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 
  A ceia 
50x70 cm óleo sobre tela 2007

Fernando Alves

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio