por Oscar D'Ambrosio


 

 


  Jorge Prado

 

            A esfinge estética

 

            Os caminhos e descaminhos da arte propiciam o encontro das mais diversas figuras humanas. Cada qual a seu modo traz uma contribuição para nossa jornada existencial. Não há, nesse jogo, bons e maus, mas experiências a ser compartilhadas com maior ou menor prazer dependendo das variáveis que as acompanham.

Jorge Prado, seja em sua caminhada vivencial, em suas pinturas ou na mescla plástica de diversas técnicas, como bordado e colagem, em materiais como folhas de prata e ouro, um tapete ou um tecido qualquer, apresenta ao observador de seu trabalho um percurso de emoções e de sensações.

Não basta olhar com frieza. É preciso mergulhar nos portais de interpretações que ele oferece, como se fosse um jogo de significados a ser desvendado. O uso da potencialidade das manchas de cor é uma de suas marcas registradas.  Marrons, ocres, lilás e roxo combinam-se para oferecer uma festividade lírica de vislumbres cromáticos em lúdicas sensações visuais pelo hedonista prazer de viver.

            Psicólogo, com curso de pedagogia curativa e prática no atendimento a crianças excepcionais na Inglaterra, Prado, nascido em  1951, em Monte Aprazível, SP, mas radicado em São Paulo, SP, ao falecer, em 2007, deixa um legado aberto às percepções. Com seus mergulhos em temas como papagaios, as possibilidades plásticas do azul e o universo urbano, desconheceu limites.

            Com seu gesto característico de ficar sentado, de pernas cruzadas, com uma das mãos coçando a cabeça, ele nos estimula sobre a nossa capacidade de criar e de olhar o mundo. Seus trabalhos, sejam em tela ou nas próprias calças e camisas que vestia, são partes menores de um grande todo: o de um ser humano que sorria, tal qual esfinge, com um doce enigma a ser decifrado em cada gesto.

           

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

 

 

 



 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio