por Oscar D'Ambrosio


 

 
 

 

A técnica mista de Sônia Menna Barreto

 

Desde os últimos meses de 2008, a artista plástica Sônia Menna Barreto vem realizando uma pesquisa visual que coloca sua produção dentro de um novo paradigma em termos de busca de atingir resultados cada vez mais aprimorados e singulares dentro de um desenvolvimento da esmerada produção que a caracteriza.

Ela vem realizando obras numa técnica mista peculiar que consiste no uso de tinta óleo sobre versões digitais de alguns de seus trabalhos .  Não se trata , porém , de uma mera interferência , mas de autenticas recriações e releituras de pinturas anteriores . A técnica mista surge então de um dialogo com as telas originais e as versões digitais .

Obras originais – É preciso lembrar que cada obra a óleo única da artista é realizada, com extremo cuidado e detalhamento, em períodos de mais de três meses com telas de linho e tintas importadas. O material adequado, associado à criatividade da artista no estabelecimento das mais variadas narrativas visuais, é responsável pela consolidação do nome da artista entre críticos de arte e colecionadores.

Versões digitais – Sônia Menna Barreto foi uma das pioneiras na comercialização de séries de versões digitais de alta qualidade que abrangem a cuidadosa fotografia dos originais e a seleção de impressoras , tintas e telas de elevado nível que se complementam. Essa combinação de elementos gera versões de elevada fidelidade e aprovadas pela pintora.

Técnica mista – Consiste na construção de obras originais a partir das versões digitais num interessante processo de composição . A primeira ação é encomendar a versão digital de um original com a supressão de uma ou de várias áreas , que recebe em branco .

A artista passa então a pintar com tinta a óleo sobre essas áreas , colocando novos personagens ou cobrindo outros . Nesse processo , para harmonizar as passagens cromáticas entre o reproduzido digitalmente e o que está a criar , repinta áreas , atingindo novas nuances .

A técnica mista oferece ainda outros caminhos de combinações .  Além do uso de uma versão digital , é possível utilizar imagens de quadros diferentes em processos de trocas de fragmentos ou ainda a inserção de fotografias realizadas pela artista que não estão nas telas originais feitas .

            Nova perspectiva Cada obra em técnica mista é, portanto , única . Está vinculada, à original e à versão digital da qual provém, mas é autêntica pela criatividade e talento que guarda . Seu ineditismo se dá pelo processo interno de composição e pelas possibilidades diferenciadas que oferece a Sônia Menna Barreto em termos de combinação de imagens pré-existentes com as que pode criar um infinito leque de concepções plásticas , lúdicas e criativas.

 

            Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

 

 

 

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio