por Oscar D'Ambrosio


 

 


Victor Hugo

             Arte na preservação ambiental

             Apaixonado pelo Pantanal e pela Chapada dos Guimarães, o pintor Victor Hugo, nascido no Estado do Mato Grosso, realiza, a partir de 2008, um importante projeto para juntar a sua dedicação à pintura com a conscientização ambiental. Vem colocando em locais públicos, como o Parque Mãe Bonifácia, ao ar livre, suas telas.

            As imagens de animais ameaçados de extinção, como a onça-pintada, espécies de araras e lobo-guará, além de causar impacto pela vivacidade das cores utilizadas, desperta nas pessoas que freqüentam o local um alerta, reforçado com as cartilhas produzidas pelo artista com diversos apoios públicos e privados.

            Intitulada projeto Mata Viva, a iniciativa tem o grande mérito de desenvolver a temática da preservação de uma maneira criativa, já que os animais pintados se mesclam  com a vegetação do parque, que se transforma numa galeria a céu aberto e num espaço para a reflexão.

            A idéia de Victor Hugo é de grande relevância para fomentar em crianças, jovens e adultos a discussão da destruição da fauna e da flora nacionais de uma forma diferenciada, onde as artes plásticas têm um papel essencial. Elas colaboram decisivamente para estabelecer um debate sobre os rumos que o país deseja dar ao seu meio ambiente e aos animais ameaçados de desaparecimento.

             Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

 

 



 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio