por Oscar D'Ambrosio


 

 


Alice Ricci

 

            Um permanente interrogar

 

            A artista plástica Alice Ricci se vale da fotografia de uma maneira bastante especial. Cria, por meio dessa técnica, espaços próprios, que estimulam justamente a reflexão sobre o significado da imagem num mundo em que somos bombardeados por informações  24 horas por dia sete vezes por semana.

            O universo visual que a artista paulistana, nascida em 1985, propõe é o de um estranhamento acompanhado de lirismo. Torres de alta tensão sugerem imensos crucifixos a invadir espaços privados, como quartos, e orelhões multifacetados apontam para o mundo da comunicação, geralmente fragmentada.

            O olhar da artista é uma resistência permanente contra a acomodação e contra a arte como uma forma de representação passiva do mundo. Sua visão é a de um constante questionar não só em termos de técnica, mas principalmente no que diz respeito ao pensamento.

            Alice Ricci traz no seu trabalho plástico uma maneira pessoal de fazer a leitura daquilo que se chama realidade. Isso significa um transporte para dimensões que indicam a possibilidade de novos olhares, marcados pela capacidade de ver cada instante com renovação e capacidade de contínua interrogação.

           

Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil).

 

 
 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 

 Sem título
 fotografia 67x50 cm sem data

 Alice Ricci

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio