por Oscar D'Ambrosio


 

 


Adalgiso H. Santos

 

            Desvendando caminhos

 

            O pintor cearense Aldemir Martins tem, no mínimo, dois grandes méritos. Primeiro, trouxe as cores intensas do Nordeste para o Sudeste brasileiro, conseguindo se inserir no mercado de arte nacional. Segundo, conseguiu levar esse trabalho para a Europa, sendo reconhecido pela qualidade de seus desenhos na Bienal de Veneza.

            Essas observações surgem a propósito da obra de Adalgiso H. Santos. Radicado em São Paulo, SP, mas nascido em  Itiruçu, BA, em 28 de junho de 1965, trabalhou com marcenaria, ilustração, artesanato e restauração de móveis antigos. Sua carreira nas artes plásticas começou em 2000 e se caracteriza pelo uso peculiar da cor como veículo de expressão.

            Santos foi premiado na Galeria Mali Villas Boas, em São Paulo, SP, em 2005, com um gato vira-lata que evoca, tanto no colorido como na forma, as obras do mestre cearense. É claro que não há nada de mau nisso, desde que o artista baiano vá progressivamente encontrando caminhos próprios, principalmente ao lidar com as tonalidades quentes, com as quais demonstra afinidade.

            Nesse sentido de encontrar uma vereda na qual possa ganhar o próprio espaço no concorrido e escasso mercado de arte nacional, pinturas como Peixe feliz e Carpa são exercícios em que a intensidade da cor está presente e os fundos são trabalhados com uma riqueza de recursos que pode ser aprimorada nas próximas obras.

            O grande assunto da pintura é ela mesma e, nesse aspecto, Santos deve encontrar sua trajetória sem se ater tanto a um tema específico. Seja, gatos, galos ou peixes, o essencial é que a sua pesquisa estética o leve para um trabalho com técnicas e materiais cada vez mais aprimorados.

            Dessa maneira, encontrará logo uma temática ou uma forma de tratar de um assunto já explorado por outros artistas com uma linguagem absolutamente original, presente na sua capacidade de colocar cada vez mais seu domínio de recursos racionais e emocionais nas telas.

            Adalgiso H. Santos tem o grande mérito de apresentar uma pintura que não se acomoda perante soluções fáceis. Isso o fará necessariamente lutar no cotidiano artístico para desvendar percursos em que possa, como Aldemir Martins fez no passado, traçar uma história única e relevante nas artes plásticas nacionais.

 

Oscar D’Ambrosio, jornalista, é mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes (IA) da UNESP, campus de São Paulo e integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA-Seção Brasil). É autor, entre outros, de Contando a arte de Cláudio Tozzi (Noovha América) e Os pincéis de Deus: vida e obra do pintor naïf Waldomiro de Deus (Editora Unesp e Imprensa Oficial do Estado de São Paulo).

 

 
 

No Netscape clic com botão direito para ver a imagem


Fechar Foto                                                                                              Abrir Foto

 
  Peixe feliz 
acrílica sobre tela 2005

Adalgiso H. Santos  

 

artCanal

 

Outros Artistas

 

Oscar D’Ambrosio